Mídias Sociais: o que as organizações devem fazer?

Agosto/2015

 

Vivemos na Era Digital, onde as relações tomam diversas formas em espaços virtuais. É a sociedade sofrendo uma mutação bem rápida, pois, as relações humanas são mais intensas e ao mesmo tempo a comunicação flui de modo instantâneo como nunca imaginado. E é sobre essa comunicação no meio digital que falamos neste texto. O que começou em uma comunicação pessoal, hoje está trazendo benefícios e girando vários negócios nas organizações.

 

“A internet é uma das poucas coisas criadas pelos homens que eles não entendem completamente”. Essa é a frase que inicia a obra “A Nova Era Digital: Como será o futuro das pessoas, das nações e dos negócios”, de Eric Schmidt e Jared Cohen, ambos executivos da Google. Desde o instante que tomei conhecimento dessa frase, não paro de pensar sobre a sociedade virtual infinita que criamos. O alcance de qualquer informação publicada na rede é imensurável.

 

Em vista disso, sempre oriento às organizações para terem o máximo de zelo com o que publicam nas suas redes sociais e também para que elas tenham um profissional da área da Comunicação monitorando o máximo de tempo possível a imagem da empresa na rede. Mais que monitorar, quando você tem uma rede social corporativa, você tem um canal de comunicação instantâneo com os seus stakeholders, principalmente com o seu cliente.

 

O cliente/consumidor mudou muito o seu perfil, assim como toda a sociedade mudou o seu comportamento com a nova vida digital. Queremos tudo de forma instantânea, porém, com o máximo de atenção e extrema qualidade. Assim deve ser com os produtos, serviços, atendimentos e possíveis reclamações. Ninguém tem mais tempo, muito menos paciência nesse contexto atual. O que fazer com esse novo cenário? Planejamento! Com Planejamento Estratégico tudo dará certo, mas ele deve ser revisado constantemente.

 

No ano passado, a Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (ABERJE) realizou uma pesquisa para traçar o cenário de interatividade organizacional com públicos estratégicos a partir de plataformas sociais digitais. A coleta de dados ocorreu entre 06 de fevereiro e 28 de março de 2014, por meio de autopreenchimento em sistema on-line. Participaram 53 organizações associadas à entidade, de diversos segmentos e setores da economia e classificadas entre as mil Maiores Empresas do Brasil, de acordo com a revista Valor Econômico.

 

Diante desses dados, a pesquisa identificou que “79% dos participantes usam espaços corporativos em redes sociais digitais, sendo que 50% estão usando há menos de três anos. Para 62% dos participantes, o uso das mídias sociais em suas organizações tem sido eficaz”.

 

Com relação aos benefícios decorrentes da utilização das mídias sociais pelas organizações, os participantes destacam: “o aumento do conhecimento sobre a organização, produto ou serviço pelo público; a criação de percepções mais favoráveis em relação à organização, à marca e aos produtos/serviços; e um melhor entendimento, pela organização, das percepções dos clientes em relação à organização, à marca e aos produtos/serviços”.

 

A pesquisa revelou o que vemos acontecer de forma constante todos os dias, a exemplo das grandes empresas, as médias e pequenas estão seguindo essa experiência, ou seja, aderindo cada vez mais ao uso das redes sociais corporativas.

 

Vale ressaltar aqui outro dado importante da pesquisa, onde “75,8% das empresas afirmam que os espaços corporativos em redes sociais digitais constituem-se em componente importante de nossa estratégia global de marketing/ comunicação”. Importante porque comunga com aquilo que falo constantemente, o Planejamento Estratégico. Sem a construção de um planejamento, sem estratégias bem definidas, é difícil alcançar o sucesso, pois, ele estará ao sabor do vento, da sorte. Quando temos objetivos bem definidos, sabemos onde queremos chegar e em quanto tempo.  

 

Algumas orientações da Apmegiolaro Consultoria de Comunicação:

1) para as empresas que possuem redes sociais e contrataram um profissional da área da comunicação ou agência externa para cuidar delas: Parabéns, pois, vocês sabem que a comunicação é investimento!

2) para as empresas que estão em processo de inserção nas redes sociais: Por favor, consultem um profissional da área da comunicação. Se não tiverem como investir em um profissional da área, então, pelo menos invistam na capacitação da pessoa que fará a alimentação e o monitoramento de informações. Lembrem que a imagem e reputação da sua organização estarão nas mãos dessas pessoas!

 

Tenho certeza que para verificar a sua saúde, você procura o médico, ou seja, uma pessoa formada na área da Medicina. Então, tenha o mesmo cuidado com a comunicação de sua empresa! Só quem estudou Comunicação, sabe falar com propriedade e orientar sobre o assunto.

Porto Alegre 

Rio Grande do Sul

Brasil

  • YouTube Social  Icon
  • Wix Facebook page