Atendimento ao cliente: quanto custa um sorriso?

Outubro/2015

 

Em tempos onde a maior pauta da sociedade é a Crise, o que fazer para se destacar no mercado? Atender muito bem o seu cliente! Quanto custa o sorriso do vendedor? Quanto tempo se leva para atender bem ou mal um cliente? Parece óbvio alguém que está querendo vender algum produtor ou serviço dar um simples sorriso para receber o cliente. Mas, para muitos, isso não é tão óbvio assim. Ou melhor, como disse Clarice Lispector em sua obra intitulada “Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres”, de 1998: “O óbvio, Lóri, é a verdade mais difícil de se enxergar”.


Nos resultados da pesquisa do “Vendedor Simpático”, veiculados pela mídia em agosto deste ano, a Irlanda foi o país que ficou em primeiro lugar, com o percentual de 97% dos funcionários sorrindo ao ver um cliente entrar na loja. Já o Brasil ficou no penúltimo lugar na pesquisa, 15º, apontando que 79% dos funcionários sorri ao ver um cliente entrar na loja. O último lugar ficou com o Japão, 74%. A Coordenadora da Pesquisa no Brasil, Stella Susskind, diz que o resultado é grave, pois, de dez clientes que entram em um estabelecimento, dois são mal atendidos. Concordo com a Coordenadora da Pesquisa, pois, imagina agora um restaurante que recebe, por exemplo, 200 pessoas para o almoço, serão 40 pessoas insatisfeitas pela média da pesquisa. 


Então, quanto custa um sorriso? É de graça! Sim, um sorriso não custa nada, absolutamente nada. Mas quando sorrimos para atender um cliente os resultados são positivos. A palavra “sorriso”, no dicionário da Língua Portuguesa, é denominada como a “expressão facial em que os lábios se distendem para os lados e os cantos da boca se elevam ligeiramente, expressando alegria, amabilidade, contentamento”. Um simples gesto que carrega consigo um grande efeito!


E o tempo, então? Atender bem pode levar o mesmo tempo para atender mal o seu cliente. Mas diria que atender mal, em alguns casos, pode levar ainda mais tempo, pois, o cliente poderá buscar o gerente para reclamar do seu atendimento. Pior do que isso, ele poderá reclamar do estabelecimento nas Redes Sociais. 


Hoje um vendedor exerce muito mais do que a função de vender, ele é um consultor de vendas, orientando a venda de produtos ou serviços de acordo com as caraterísticas do consumidor. Dessa forma, além do sorriso estampado no rosto, ele deve estudar consumidores, produtos e mercado como um todo, tendências, ou seja, tudo o que fizer parte do mundo do negócio que ele estiver inserido. Acredite, muitas vezes, fazer o simples, o básico, já lhe destaca dos demais. 

Porto Alegre 

Rio Grande do Sul

Brasil

  • YouTube Social  Icon
  • Wix Facebook page